• afena.png
  • bannereich.png
  • comercio3.png
  • fabianetopo.png
  • gersoncpers.png
  • hermes2.png
  • jadlg.png
  • limberg2.png
  • ponto10d.png
  • seeb.png
  • simpro.png
  • sind.png
  • sindis.png

Coluna do Orlando #28

Publicado em: 24/01/2020

Terminamos o ano de 2019 com a boa notícia de que haviam sido empenhados 12 milhões para a construção de um ginásio poliesportivo no Parque de Exposições. Infelizmente, nesta semana recebemos a notícia do cancelamento do empenho.  A informação repassada é de que o projeto necessita de adequação. Estão iludindo o povo mais uma vez? Sabe-se que para ocorrer o empenho o projeto precisaria ter sido previamente analisado. Pairam dúvidas sobre a efetivação desse projeto. Estamos de olho.

Não compreendo como o atual governo municipal não conseguiu em 7 anos o empenho para o módulo 3 e 4 do Centro Cultural. Foi o Prefeito Vicini (PP) que assinou o TAC com o Ministério Público e a Cidade Interativa, para a reconstrução do prédio original da antiga Prefeitura. Nós em 4 anos garantimos o projeto e 2 convênios módulos 1 e 2. O 1 (um) com o Ministério do Turismo, que concluímos em nosso mandato, e o 2(dois)  com o Ministério da Cultura que ainda está em andamento. Houve a promessa pelo atual governo da conclusão do projeto do Centro Cultural e até agora não ocorreu nenhuma garantia de recursos para os módulos 3(três) e 4(quatro). Lamentável para Santa Rosa.

O Governo Bolsonaro inverteu a lógica, que segundo os legalistas, devia ser seguida para utilização de verba pública em veículos de comunicação, em que a maior audiência devia ser respeitada.  Com essa mudança o governo priorizou os veículos que lhe eram mais fiéis, garantindo, com isso, privilégios com dinheiro público. Agora foi noticiado que o seu chefe da SECOM - Secretaria de Comunicação recebia pagamentos de alguns veículos de comunicação e agências de publicidade que tiveram a verba aumentada sem critérios transparentes (e nem foi afastado do cargo). Aparentemente a corrupção faz parte do DNA deste governo, que enganou os brasileiros, prometendo acabar com a mesma.

Esta semana 5 partidos foram ao CNJ - Conselho Nacional de Justiça cobrar providências sobre a utilização dos cartórios para a criação da Aliança Nacional, partido do presidente Bolsonaro. Trata-se de um procedimento ilegal, imoral e que demonstra a falta de responsabilidade com a  ética do Governo Bolsonaro e dos cartórios que seguiram a orientação da sua associação.

Bolsonaro/Guedes destroem o serviço público e as consequências disso vão surgindo - o número de processos encaminhados e não analisados no INSS chegou a uma situação insustentável e para tentar solucionar a falta de funcionários em função das aposentadorias, da não substituição destes funcionários e da não renovação de contrato com estagiários, propõe, com custos muito mais elevados, convocar militares da reserva para esta missão. Eles nada entendem dos processos; é mais uma medida ineficaz.  É prova que este modelo de governo de extrema direita, de acabar com o estado, é falido e caótico com consequências tristes para quem mais precisa da agilidade deste serviço pois estão, muitos deles, sem receber salário, pensões, licença maternidade e auxílio doença e acidente, além da demora para receberem a aposentadoria.

Na próxima semana estarei de volta!

Abraços a todos e todas!

*Orlando Desconsi é graduado em Direito e Educação Física. Foi prefeito de Santa Rosa e deputado federal. Atualmente é assessor parlamentar do deputado Jeferson Fernandes (PT/RS).

  • bancarios-sindicato20160328.png
  • cprgsbannerl.png
  • d90d1784-7bef-4709-89cc-43a0c1bbea83.jpg
  • e9aa0085-5706-4b39-b64a-277c478a7fcb.jpg
  • servidores-municipais-logo250-201902.jpg
  • sindisaude.png
  • SitioMargarida200x200-20171116.jpg
  • 16f338d8-07ee-4170-b637-5f81d690af77.jpg
  • 69ec07e2-3820-4b13-becd-833c1be37021.jpg
  • baixo.png
  • bannersimpro2.png
  • CafePequeno20151016-164x164.jpg
  • jadlog20170906.gif
  • limberger-advocacia-250-20171108.jpg