Coluna do Orlando #20

Publicado em: 07/11/2019

Já se passaram 10 meses do governo Jair Bolsonaro (PSL) e o povo pergunta: quais as medidas adotadas para melhorar a vida do povo? Ninguém responde. É que até agora só houveram medidas para melhorar a vida dos Banqueiros e alguns investidores estrangeiros. Para o povo mesmo só o fim do horário de verão e prejuízos com menos emprego, menos salário, trabalhar aos domingos, dificuldade de se aposentar e se aposentar ganhando menos e trabalhando mais tempo.

PT, denúncia Bolsonaro (PSL) e Moro ao STF: O PT, ingressou dia 04 de novembro no STF com notícia-crime contra o Presidente Jair Bolsonaro, seu filho Carlos Bolsonaro e o Ministro da Justiça Sérgio Moro.  Motivo: As investigações do caso Marieli, dois milicianos moradores do condomínio Vivendas, onde mora Bolsonaro foram os autores da morte, falta identificar o mandante, no entanto, as evidências levam ao apartamento de número 58, moradia do Presidente Bolsonaro ou é o próprio e ou um de seus filhos que estão envolvidos com os milicianos pelas evidências.

Governo Leite (PSDB) vêem se mostrando uma tragédia, em 10 meses só enviou um projeto para a Assembléia Legislativa que previa a fim do plebiscito para vender CEEE, Sulgás, CRM. É muito pouco em 10 meses de governo. Quando anunciou o segundo que foi acabar com o desconto do IPVA e acabar com o parcelamento tornando tudo em parcela única em janeiro, levou uma pressão da sociedade e de dentro do governo e não resistiu um dia. Voltou atrás como era antes. É pouco trabalho em favor do povo e muita conversa fiada para preencher o tempo. Mais trabalho Governador.

A tentativa de se livrar da responsabilidade com a educação por parte do Governo Eduardo Leite (PSDB) é um absurdo. Onde pode passar para os municípios a responsabilidade, ele joga. Logo os municípios não suportarão sozinhos  esta responsabilidade sem o acompanhamento dos recursos. Criando o caos amanhã.

Sugestão ao Governo Vicini (PP): Está faltando uns 200 metros para a conclusão de asfalto da Av. Bráulio de Oliveira até próximo do anel rodoviário, ou seja, em frente ao Pólo Multissetorial. É um trecho muito utilizado pelos motoristas para entrada e saída da cidade. Prefeito faz um esforço para concluir este trecho.

É muito estranho ver o governo municipal iniciar a campanha política um ano e meio antes da data da próxima eleição, inclusive com escolha de pré-candidato em seu partido, o PP. Está querendo manter o poder pelo poder. Pois, tem o mandato em curso  faltando mais de um quarto do tempo e demonstra um certo cansaço, é uma forma esperta de desviar a atenção dos problemas corriqueiros de seu governo  e usar a máquina antecipadamente para priorizar seu pré-candidato. O pré- candidato aparece em fotografias de atos do governo sem ser mais do governo, em discursos do prefeito faz questão de citar seu candidato. Isso pode? Não é campanha antecipada?

Eu pergunto ao Governo Vicini (PP): Quando mesmo vai concluir a regularização fundiária no Bairro Auxiliadora, que beneficiaria 600 famílias? Estás fechando 7 anos de governo e este convênio estava em andamento assinado em 2010, pelo meu governo, com o gov. Dilma. Para as vilas mais pobres as melhorias não são importantes? O que justifica quase 7 anos de demora?

Prefeitura de Santa Rosa em turno único: Já no mês novembro. O ano começa a morrer muito cedo. Com a direita no Município, no Estado e na União estamos indo a breca cada vez mais.

(*) Orlando Desconsi é graduado em Direito e Educação Física. Foi prefeito de Santa Rosa e deputado federal. Atualmente, assessora o deputado estadual Jeferson Fernandes (PT).