• afena.png
  • bannereich.png
  • comercio3.png
  • fabianetopo.png
  • gersoncpers.png
  • hermes2.png
  • jadlg.png
  • limberg2.png
  • ponto10d.png
  • seeb.png
  • simpro.png
  • sind.png
  • sindis.png

Engenheiro cita Bolsonaro em CPI do Paraguai que apura esquema de corrupção em Itaipu

Publicado em: 03/10/2019

da Carta Campinas

Foto: divulgação

 

Em depoimento à CPI criada para investigar um esquema de corrupção na venda de energia de Itaipu no parlamento do Paraguai, o engenheiro Pedro Ferreira, ex-presidente da Ande (a estatal de energia do Paraguai) disse que o empresário Alexandre Giordano, suplente do senador Major Olímpio (PSL), citou o nome da família Bolsonaro em uma reunião entre representantes da empresa Léros e da estatal. As informações foram publicadas por  Ricardo Galhardo no Estado de S.Paulo (link).

Recentemente, o jornal paraguaio ABC (Link) trouxe revelações sobre o esquema de corrupção em Itaipu para beneficiar a empresa Léros e políticos do PSL, partido do Bolsonaro. O intermediário da Léros nas negociações secretas, Alexandre Giordano, é suplente do senador do Major Olímpio, do PSL, que é líder do Bolsonaro no Senado.

No mês de agosto, o advogado José “Joselo” Rodríguez, que se apresentava como assessor jurídico da vice-presidência do país vizinho, também disse ter ouvido Giordano usar o nome da família Bolsonaro, mas depois recuou na CPI

Segundo o senador Eusebio Ramon Ayala, presidente da comissão, o depoimento de Ferreira trouxe novos dados sobre a posição da Léros para negociar no Brasil a energia paraguaia. “O engenheiro trouxe dados mais precisos sobre a possibilidade de a Léros obter autorização (do governo brasileiro) para vender energia no Brasil”, disse o senador.

Para Pedro Ferreira, o encontro entre representantes da Léros e da Ande aconteceu no dia 10 de maio em Ciudad del Este, um dia depois de o presidente Jair Bolsonaro ter ido à tríplice fronteira para a cerimônia de início das obras da Ponte da Integração, ao lado do presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, que quase sofreu impeachment devido ao escândalo.

 

  • bancarios-sindicato20160328.png
  • cprgsbannerl.png
  • d90d1784-7bef-4709-89cc-43a0c1bbea83.jpg
  • e9aa0085-5706-4b39-b64a-277c478a7fcb.jpg
  • servidores-municipais-logo250-201902.jpg
  • sindisaude.png
  • SitioMargarida200x200-20171116.jpg
  • 16f338d8-07ee-4170-b637-5f81d690af77.jpg
  • 69ec07e2-3820-4b13-becd-833c1be37021.jpg
  • baixo.png
  • bannersimpro2.png
  • CafePequeno20151016-164x164.jpg
  • jadlog20170906.gif
  • limberger-advocacia-250-20171108.jpg