• aanovo.png
  • BANNER.png
  • bannereich.png
  • comercio3.png
  • fabianetopo.png
  • gersoncpers.png
  • hermes2.png
  • jadlg.png
  • ponto10d.png
  • seeb.png
  • simpro.png
  • sind.png
  • sindis.png

CUT-RS lança campanha contra ‘tarifaço’ do governo Leite

Publicado em: 02/09/2020

do Sul 21

Foto: Reprodução

 

 

 

 

 

A Central Única dos Trabalhadores (CUT-RS) lançou na última segunda-feira (31) uma campanha estadual contra a reforma tributária proposta pelo governador Eduardo Leite (PSDB) com o slogan “Ruim para quem produz, vende e consome”. O objetivo é esclarecer os trabalhadores sobre a proposta, que é criticada pela entidade por incidir especialmente sobre a cesta básica de alimentos.

“Queremos chamar a atenção de que, com o tarifaço, o governo Leite ‘quer passar a boiada’ na população gaúcha em meio à pandemia. É uma proposta que não corrige as injustiças históricas na cobrança de impostos, mas eleva as alíquotas de ICMS sobre o gás de cozinha e os alimentos, dentre outros produtos, fazendo com que aumente o custo de produção da agricultura familiar e os preços para os consumidores”, afirma o presidente da CUT-RS, Amarildo Cenci.

A proposta do governador visa, compensar as perdas de cerca de R$ 2,8 bilhões com o fim da vigência do aumento de ICMS promovido pelo governo Sartori e renovado no primeiro ano de governo Leite até o próximo dia 31 de dezembro. Segundo cálculos da bancada do PT na Assembleia, o impacto da proposta será de R$ 3,4 bilhões, representando um aumento de arrecadação.

“Além disso, o pacote de Leite acaba com o Simples Gaúcho, subindo a taxação de micro e pequenas empresas, e ainda aumenta a alíquota do IPVA sobre os automóveis, fazendo com que até carros antigos, de 20 a 40 anos, hoje isentos, sejam igualmente tributados”, afirma Cenci sindical. “Quem ganha menos não pode pagar a conta outra vez”.

Como parte da campanha, serão promovidas reuniões com sindicatos e federações, prefeituras, câmaras municipais, cooperativas e associações comerciais. Haverá distribuição de panfletos e veiculação de spots para rádios e carros de som, além de cards, vídeos e mensagens nas redes sociais.

A campanha visa também pressionar os deputados estaduais para que votem contra os três projetos da reforma tributária encaminhados pelo governo para a Assembleia, em regime de urgência, no último dia 10, e que começam a trancar a pauta do plenário a partir do dia 9 de setembro.

“Vamos dialogar com os deputados, partidos, prefeitos, vereadores, cooperativas e associações comerciais, bem como com os candidatos nas eleições municipais, especialmente os que apoiam deputados da base aliada do governador, cobrando voto contrário ao tarifaço. Quem apoiar essa falsa reforma tributária do Leite será ‘marcado na paleta’ e denunciado já na campanha eleitoral em andamento nos municípios”, afirma o presidente da CUT-RS.

  • bancarios-sindicato20160328.png
  • cprgsbannerl.png
  • d90d1784-7bef-4709-89cc-43a0c1bbea83.jpg
  • e9aa0085-5706-4b39-b64a-277c478a7fcb.jpg
  • servidores-municipais-logo250-201902.jpg
  • sindisaude.png
  • SitioMargarida200x200-20171116.jpg
  • 16f338d8-07ee-4170-b637-5f81d690af77.jpg
  • 69ec07e2-3820-4b13-becd-833c1be37021.jpg
  • baixo.png
  • BANNERL.png
  • bannersimpro2.png
  • CafePequeno20151016-164x164.jpg
  • jadlog20170906.gif