Lucro dos bancos no Brasil passa de R$ 50 bilhões em 12 meses

Publicado em: 14/09/2019

do Vermelho

 

Enquanto aumentaram seus lucros espetacularmente, os bancos demitiram 2 mil trabalhadores apenas no primeiro semestre de 2019 e mais de 60 mil seis anos.

 
Nos últimos dois semestres, os cinco maiores bancos em operação no Brasil lucraram, juntos, R$ 50,5 bilhões, com uma elevação média de 20,7% em 12 meses. Em tarifas, as instituições financeiras arrecadaram, apenas no primeiro semestre de 2019, um total de R$ 69,9 bilhões, alta média de 4,5% quando comparado ao mesmo período do ano anterior.

Os dados foram calculados pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro da CUT (Contraf-CUT). Apesar do aumento no lucro, “houve redução de vagas no Itaú, no BB e Caixa Econômica Federal, aumentando as filas e o tempo de atendimento”, critica a entidade.

A Pesquisa de Emprego Bancário (PEB), realizada pelo Dieese, com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), mostra que, no primeiro semestre de 2019, os bancos fecharam 2.057 postos de trabalho no país. Desde 2013, o saldo acumulado mostra uma redução de 62,7 mil postos na categoria.

A Contraf lembra que os juros elevados alimentam os ganhos dos bancos. Segundo o Banco Central, a taxa média do cartão de crédito rotativo foi de 300,29% ao ano em julho, pouco superior aos 300,09% registrados em junho, mas na contramão da queda da taxa Selic. Os juros do cheque especial foram a 318, 65%, em julho, contra 303,19%.

 Fonte: Monitor Mercantil