• aanovo.png
  • BANNER.png
  • bannereich.png
  • comercio3.png
  • fabianetopo.png
  • gersoncpers.png
  • hermes2.png
  • jadlg.png
  • ponto10d.png
  • seeb.png
  • simpro.png
  • sind.png
  • sindis.png

Morre poeta amazonense Thiago de Mello aos 95 anos

Publicado em: 14/01/2022

do G1

 

Thiago de Mello, nascido em Barreirinha, é um dos poetas da região mais conhecidos, tanto nacionalmente quanto de forma internacional.

O poeta amazonense Thiago de Mello morreu aos 95 anos, nesta sexta-feira (14). Ele faleceu em casa, em Manaus. A causa da morte ainda não foi informada.

Thiago de Mello, nascido em Barreirinha , no interior do Amazonas, é um dos poetas da região mais conhecidos, o possui influência tanto nacionalmente quanto de forma internacional.

Suas obras foram traduzidas para mais de trinta idiomas. Seu poema mais conhecido é Os Estatutos do Homem (leia o poema abaixo), onde o poeta chama a atenção do leitor para os valores simples da natureza humana.

Poeta amazonense Thiago de Mello — Foto: Divulgação/Manauscult

Poeta amazonense Thiago de Mello — Foto: Divulgação/Manauscult

 

O escritor e poeta Tenório Telles informou ao g1 que o velório de Thiago de Mello ocorrerá no Palácio Rio Negro, Centro Histórico de Manaus, em horário a ser definido.

 

"A passagem do Thiago é uma perda irreparável para a cultura do nosso estado, para o país e para a literatura mundial. Ele fará muita falta pelos compromissos que ele tinha com a vida e com o ser humano".

 

Em setembro do ano passado, a 34º Bienal de São Paulo homenageou Thiago de Mello. O verso que inspirou a bienal faz parte do poema ‘Madrugada Camponesa’.

O poema também ganhou uma versão musical, através de uma parceria entre Thiago de Mello e o músico Monsueto Menezes, no mesmo ano em que foi lançado.